Posicionamento estratégico do País
Bandeira Nacional
Mapa
Breve ApresentaçãoTimor-Leste localiza-se no extremo leste das Ilhas de Nusa Tenggara, do Sudeste Asiático, e faz fronteira com Timor Ocidental, da Indonésia. A sul, encontra-se o Mar de Timor, e em frente a Austrália. Possui uma área terrestre cerca de 15 mil km²  e até finais de 2020 a população foi cerca de 1,3 milhões de habitantes. A capital, Díli, localiza-se na costa nordeste da Ilha de Timor e possui um porto de águas profundas, sendo também o centro político, económico e cultural do país.
Situação de Investimento

Timor-Leste espera rapidamente para a revitalização com desenvolvimento relativamente lento ao longo dos anos. Porém com a implementação gradual do planeamento estratégico de desenvolvimento a médio e longo prazo e a grande reserva de receita do petróleo, prevê-se que Timor-Leste, no futuro, haverá, de forma contínua, a necessidade de projectos de construção, atraíndo mais investimentos provenientes de vários tipos de fundos nomeadamente das    entidades privadas, organizações internacionais e de outros países. Timor Leste poderá entrar num período de rápido desenvolvimento. Ao mesmo tempo, muitos países  implementaram o tratamento da isenção de fiscal para a maioria dos produtos originários de Timor Leste, tendo criadas boas oportunidades para empresas e individuais no desenvolvimento do comércio externo e de investimento em Timor-Leste.

 

A economia timorense dedica-se essencialmente no sector agrícola, mais de 80% da população activa exerce em actividades agrícolas, no entanto, o sector agrícola ainda se encontra subdesenvolvida e os alimentos não são auto-suficientes. Os principais produtos agrícolas são o milho, cereais, batata, entre outros. As principais colheitas inlcuem o café, a borracha e o coco seco. Cerca de 10% da mão-de-obra dedica-se à produção industrial, em áreas tais como têxteis, engarrafamento de água potável e processamento de café. Além disso, o sector dos serviços constitui outra componente importante para a economia do país, sendo a maioria dos sector de serviços concentrada na capital Díli. Devido ao influxo de capital estrangeiro, o sector dos serviços, como o comércio, os restaurantes, os hotéis, um desenvolvimento acelerado. 

 

De acordo com o “Relatório de investimento Mundial de 2021” publicado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), aponta que até finais de 2020, Timor Leste atraiu US$470 milhões no stock de investimento directo estrangeiro. Com base nas estatísticas do Ministério do Comércio da China, até finais de 2020, o stock de investimento directo da China em Timor Leste registou um valor de US$130 milhões. As principais áreas de investimento foram restaurantes, hotéis, armazéns de mercadorias, construção e serviços.

Comércio de Produtos

Em 2020, os principais destinos de exportação de Timor-Leste são o Japão, a Malásia, a Singapura e a Tailândia, sendo os principais produtos os combustíveis e o café. As principais origens de importação de Timor-Leste são a Indonésia, a China, Singapura e Hong Kong, sendo os principais produtos o petróleo processado, automóveis, máquinas e peças.

 

Em 2020, os principais produtos que a China exporta para Timor-Leste são aço, tubos soldáveis e arroz, enquanto os principais produtos que a China importa da Timor Leste são os produtos alimentares vegetal e café.