Distribuição dos sectores industriais no Porto

A área metropolitana do Porto representa 23% da indústria transformadora de Portugal. Segundo dados publicados pelo Banco de Portugal, em 2019, esta região concentrava 15,3% das empresas das indústrias alimentares, 9,2% das empresas da indústria de Bebidas, 23,1% das empresas de Fabricação de têxteis, 19,5% das empresas da Indústria de vestuário; 36,1% das empresas da Industria do Couro e dos produtos do couro; 36,6% das empresas da Industria do calçado; 36,7% das empresas da Industria da madeira e da cortiça e suas obras; e 38,2% das empresas de Fabricação de pasta, de papel, de cartão e seus artigos.

 

a) Tecnologias de Informação e Comunicação(TIC

A cidade acolhe empresas de Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) de topo e centros de I&D de renome internacional.

O Porto tem vindo a consolidar e reforçar a sua posição competitiva na economia digital, contando com vários players e inovadores do sector TIC instalados na cidade.

O Porto é um dos hubs mais dinâmicos do sector na Europa, com a 3.ª comunidade tecnológica de crescimento mais rápido na Europa, segundo o State of European Tech Report 2018 da Atomico.

A cidade do Porto está empenhada em promover o desenvolvimento de soluções inovadoras para a gestão urbana. O Porto é uma Smart City no Top 100 Mundial de acordo com o Índice IESE Cities in Motion 2019.

 

b) Mobilidade

O sector automóvel é um dos mais importantes da economia portuguesa, com um peso significativo nas exportações e no emprego nacionais. Alguns dos melhores exemplos do sector encontram-se na região do Porto.

Grandes multinacionais do sector automóvel, como a BMW, a Continental ou a Bosch, instalaram operações de I&D, produção ou serviços na cidade e na região. No Porto encontram-se também muitas das empresas joint-ventures de maior sucesso do sector em Portugal, como a Salvador Caetano ou a Critical TechWorks.

Portugal é reconhecido internacionalmente pela elevada qualidade dos seus serviços de manutenção e engenharia no sector Aeroespacial. O sector na região tem beneficiado com a presença em Portugal de grandes empresas que oferecem serviços de manutenção e engenharia aeronáutica, bem como alguns dos maiores fabricantes mundiais de aeronaves, como o Grupo Airbus e a Embraer.

 

c) Saúde

O grande dinamismo do ecossistema do sector da saúde do Porto nos últimos anos gerou um aumento notável da sua competitividade e exportações.

As empresas instaladas na Região Norte e no Porto são reconhecidas internacionalmente pela sua capacidade para investigar, desenvolver e fabricar ou fornecer uma vasta gama de produtos e serviços de alta qualidade, com uma elevada flexibilidade. Desde produtos farmacêuticos, cosméticos e dispositivos médicos a serviços de saúde ou turismo de saúde e bem-estar.

O Porto tem um sistema de saúde de elevada qualidade, com excelentes profissionais, equipamentos modernos e um crescente número de hospitais com prémios e acreditações internacionais.

 

d)Serviços-partilhados

Com o investimento em competências e infraestruturas, a cidade do Porto está cada vez mais atractiva para os investidores internacionais, sobretudo quando se diz respeito às actividades de alto valor acrescentado.

Nesta altura, já são muitos os centros nearshore baseados no Porto, a actuar como centros de engenharia, de serviços partilhados e de contacto para operações globais.

Seja no domínio do desenvolvimento de aplicações multimédia e na programação e engenharia de sistemas, no desenvolvimento de soluções de e-government e de desmaterialização de processos ou no suporte técnico especializado assente em plataformas certificadas, o Porto tem claras vantagens em termos de localização estratégica para modelos de suporte assentes em metodologias “follow-the-sun”, sendo conhecido por dispor de excelentes profissionais, com uma cultura de trabalho muito positiva e um mindset multicultural.

 

e)Turismo

O Porto tornou-se numa cidade de paragem obrigatória na Europa e na estrela nacional do sector do turismo.

Nos últimos anos, o Porto testemunhou um grande crescimento da sua notoriedade internacional e do número de visitantes recebidos, tornando-se uma das 100 cidades mais visitadas por turistas internacionais no mundo.

Em resultado, o sector do turismo tem desempenhado um papel cada vez mais importante na economia local. A cidade destaca-se pela fusão da sua herança histórica e da sensação cosmopolita de dinamismo constante, que lhe é tão única.

 

f) Indústrias Criativas

O Porto está na vanguarda das indústrias criativas em Portugal, sobretudo nos sectores ligados à produção de bens de consumo com uma forte componente de design (design based consumer goods), nomeadamente na moda, têxtil e vestuário, calçado, acessórios, mobiliário ou a joalharia.

O Norte de Portugal é reconhecido internacionalmente pela qualidade e capacidade das suas indústrias de têxteis, vestuário e calçado. Estes clusters estão entre os maiores motores tradicionais das exportações industriais portuguesas. Os principais clusters da indústria têxtil e de calçado em Portugal estão localizados perto da cidade do Porto, nos vales do Cávado e do Ave e na área do Grande Porto.

 

g) Imobiliário

O Porto provou ser um destino popular, não só para o turismo, mas também para o investimento imobiliário. Um crescente número de investidores internacionais tem vindo a explorar as oportunidades do mercado imobiliário da cidade.

Nos últimos anos, o mercado imobiliário do Porto floresceu, impulsionado principalmente pelo crescimento de edifícios de escritórios, empreendimentos residenciais e hoteleiros, atraindo um crescente número de investimentos nacionais e estrangeiros.

 

h) Energia e Ambiente

O Município do Porto está empenhado em reconstruir uma cidade que seja ecologicamente sustentável, com comunidades saudáveis e socialmente sustentáveis, tornando-a numa das cidades mais habitáveis da Europa.

O Porto acolhe diversos centros de investigação e inovação com forte competência técnica na área da energia e ambiente. Centro de Sistemas de Energia, que faz parte do INESC TEC – Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência, foi líder do projecto da UE em eficiência energética baseada nas TIC e membro de consórcio europeu criando um roteiro para facilitar a integração em larga escala de energias renováveis. O Centro mantém uma estreita colaboração com empresas como a Efacec e a Iberwind.

O Porto tem tomado um conjunto de medidas relevantes na área da sustentabilidade, como a renovação da frota de autocarros urbanos com 286 novos veículos ecológicos a electricidade ou gás natural, a substituição da iluminação pública por tecnologia LED e o desenvolvimento de um roteiro para a economia circular.

 

i) Produção Industrial Avançada

O Porto e o Norte de Portugal acolhem um elevado número de unidades industriais do país, que são os principais players portugueses na inovação e exportação.

A região possui um ecossistema altamente competitivo para o desenvolvimento, teste, validação e demonstração de tecnologia de produção avançada.

O ecossistema de produção industrial avançada do Porto é caracterizado pela presença de entidades e empresas de classe mundial. Estas entidades e empresas possuem uma ampla gama de competências em áreas como automação industrial, sistemas de computação avançados, materiais e estruturas compostas, projectos de engenharia mecânica e desenvolvimento de produtos.

 

j) Economia Marítima

Portugal tem uma das maiores Zonas Económicas Exclusivas da Europa, sendo abundante em recursos marinhos. Assim, a economia marítima está entre os sectores-chave para o desenvolvimento do Porto e da região Norte de Portugal.

A região tem grande potencial para a exploração de actividades tradicionais como a pesca, a aquicultura e o transporte marítimo, bem como actividades emergentes como a exploração dos fundos marinhos, a biotecnologia e a energia oceânica.

Fontes: