Posicionamento estratégico do País
Bandeira Nacional
Mapa
Breve Apresentação Angola localiza-se no sudoeste da África e constitui um dos importantes canais marítimos do Centro e do Sul da África. Tem uma área total terrestre de 1,246 milhão km² e a previsão da população em 2021 foi de 33,9 milhões de habitantes. Luanda, capital de Angola, tanto é o maior porto como o centro político e económico do país.
Situação de Investimento

Situação de Investimento Angola possui condições naturais vantajosas, mantém-se politicamente estável e adopta políticas económicas estáveis. Possui também um grande espaço para o desenvolvimento integrado agrícola, proporcionando oportunidades significativas na indústria manufactureira e de processamento, existindo ainda potencial para a cooperação nas infra-estruturas.

 

Angola , como o segundo maior país de produção de petróleo da África, a exploração de petróleo e de diamantes é o pilar em que assenta a economia nacional. O volume das exportações de petróleo representa mais de 95% do total das exportações, e as receitas financeiras das exportações representam quase 60% do total das receitas financeiras do Estado.


Além disso, o sector de construção também ocupa uma posição importante na economia global, atraindo empreiteiros de construção de todo o mundo. Os outros sectores fundamentais e característicos incluem a agricultura, pesca, pecuária, telecomunicações, etc.


De acordo com o “Relatório de Investimento Mundial de 2021” publicado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), nota-se que até finais de 2020, Angola atraiu o stock de investimento directo exterior no valor de US$16,75 mil milhões. Com base nas estatísticas do Ministério do Comércio da China, até finais de 2020, o stock de investimento directo da China em Angola registou um valor de US$2,69 mil milhões, envolvendo principalmente as áreas da construção, comércio, imobiliário e manufactura.

Comércio de Produtos

Em 2020, os principais destinos de exportação de Angola são a China, a Índia, a Tailândia e a Espanha, sendo os principais produtos o petróleo bruto, jóias, etc. As principais locais de origem de importação de Angola são a China, Portugal, os Estados Unidos da América e o Brasil, sendo os principais produtos os aparelhos electromecânicos, os automóveis e suas peças, cereais, etc.


Em 2020, os produtos que a China exporta para Angola são principalmente o calçado, os automóveis e suas peças, e o vestuário, enquanto o principal produto que a China importa de Angola é o petróleo bruto.