image_pdfimage_print
Indústria de Big Health de Medicina Tradicional Chinesa
  • Já em 1999, o Governo da RAEM incluiu o serviço de Medicina Tradicional Chinesa (MTC) no sistema de saúde pública, aumentando assim a cobertura da mesma no sistema de cuidados de saúde a todos os residentes de Macau.
  • O Laboratório de Referência do Estado para Investigação de Qualidade em Medicina Chinesa foi criado, em Macau, em 2011, dedicando-se à investigação da qualidade de medicamentos chineses e à sua inovação, promovendo a padronização e a internacionalização da MTC e a transformação dos resultados.
  • O Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong–Macau (doravante designado por “Parque”) tem introduzido e cultivado activamente empresas-chave, acelerando a aglomeração da indústria de MTC no Parque. Até finais de Fevereiro de 2024, havia um total de 217 empresas registadas no Parque (incluindo 71 empresas de Macau). Por outro lado, atraiu a instalação de várias empresas farmacêuticas de renome do Interior da China, e cultivou uma certa quantidade de empresas de Macau, cujas áreas envolvem MTC, suplementos alimentares, equipamentos médicos, serviços médicos, biomedicina, serviços científicos e tecnológicos, entre outras, tendo alcançado o efeito de aglomeração industrial.
  • Actualmente, o Parque já estabeleceu uma plataforma de ensaio pré-clínico e de produção de medicamentos tradicionais chineses, que está em conformidade com as normas das Boas Práticas de Fabrico de Medicamentos (GMP) do Interior da China e da União Europeia.
  • O Parque tem uma certa quantidade a internacionalização da MTC por intermédio do modelo da “introdução de medicamentos através de tratamentos médicos”, baseando no papel de Plataforma Sino-Lusófona, tendo como suporte a “Base Nacional de Exportação de Serviços de Medicina Tradicional Chinesa”, o Parque tem-se empenhado no registo e no comércio internacional em termos dos produtos da MTC com os países de língua portuguesa como porta de entrada, e auxiliado várias empresas na obtenção de certificados de registo para produtos da MTC, respectivamente em Moçambique e no Brasil, entre outras regiões.
  • Actualmente, o Parque já estabeleceu uma plataforma de ensaio pré-clínico e de produção de medicamentos tradicionais chineses, que está em conformidade com as normas das Boas Práticas de Fabrico de Medicamentos (GMP) do Interior da China e da União Europeia.
  • A Direcção dos Serviços de Economia e Desenvolvimento Tecnológico empenha-se, em conformidade com os respectivos diplomas legais, na execução com eficácia dos trabalhos de apreciação e autorização dos pedidos de licença industrial para a fabricação de produtos de big health e de medicamentos da MTC, organizando reuniões de trabalho interdepartamentais destinadas às empresas em causa, e acelerando os procedimentos de apreciação e autorização, de modo a prestar serviços mais convenientes e eficientes às empresas, reduzindo os custos e acelerando o desenvolvimento de negócios das mesmas.
  • Em Dezembro de 2021, sob a iniciativa do Governo da RAEM, foi constituído o Instituto de Medicina Translacional e Inovação de Macau, que tem como missão fomentar a inovação científica e tecnológica e a integração dos recursos humanos na área da MTC e na área de medicina translacional de Macau e do Interior da China, bem como possibilitar a transformação técnica e a instalação e desenvolvimento das indústrias em Macau e na Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau.
  • A implementação da Lei da Actividade Farmacêutica no Âmbito da Medicina Tradicional Chinesa e do Registo de Medicamentos Tradicionais Chineses, a criação do Instituto para a Supervisão e Administração Farmacêutica, o papel de plataforma desempenhado pelo Centro de Cooperação dos Medicamentos Tradicionais da Organização Mundial de Saúde (Macau) e o desenvolvimento contínuo de instituições e plataformas de investigação científica, tais como o Laboratório de Referência do Estado para Investigação de Qualidade em Medicina Chinesa, as instituições de investigação na área da medicina chinesa dos estabelecimentos de ensino superior de Macau e o Parque Científico e Industrial de Medicina Tradicional Chinesa para a Cooperação entre Guangdong-Macau, proporcionam uma forte capacidade de base para a investigação e transformação de produtos da MTC, bem como para a transformação de resultados na área biomédica.